Olá, para anunciar faça login! [ Cadastre-se | Entrar

Qual a quilometragem ideal para trocar de carro?

Artigos e Dicas sobre veículos 13/08/2018

O que atormenta a maior parte das pessoas que pensam em trocar carro provavelmente é a manutenção e/ou confiabilidade do veículo, ou então o medo da desvalorização. Naturalmente, um veículo com mais anos de vida ou com alta quilometragem irá demandar uma maior reposição de peças e apresentará uma maior dificuldade de revenda que, naturalmente, abaixa o preço do bem.

Por outro lado, um carro pode rodar centenas de milhares de quilômetros sem apresentar problemas ou grande custo de manutenção, desde que você realize as manutenções preventivas corretamente. E então? Qual a melhor hora para trocar?

Troca por quilometragem

A quilometragem ideal vai depender do uso de cada um. Mas geralmente um veículo começa a apresentar maiores despesas por manutenção a partir dos 60 mil km, devido ao desgaste natural de componentes como, suspensão, buchas, ou embreagem, por exemplo, além daquela manutenção de rotina.

Esses componentes são mais caros e, se começarem a apresentar um valor de manutenção alto para seu carro, acima de 10% do valor do carro, é bom acender uma luz amarela e avaliar a possibilidade de troca. Se seu carro for um importado de luxo então, o custo das peças de reposição pode ser até 8 vezes maior.

Desvalorização

Se sua preocupação for com relação à desvalorização é importante lembrar que ela é mais acentuada no carro novo. É comum o valor do carro cair em torno de 15 a 20% logo no primeiro ano após a compra. Já no segundo ano, a desvalorização tende a ficar em torno de 10% e nos anos seguintes, inferior a isso.

Portanto, se seu carro for novo, não vale a pena trocar no primeiro ou segundo ano por outro zero com medo de ele desvalorizar, pois, nesse caso, o prejuízo acaba sendo maior. Se você roda com o carro em torno de 15 ou 20 mil km, o ideal é esperar uns três anos antes de comprar um carro novamente.

Agora, se você rodar próximo de 10 mil km ou menos, pode esperar mais, em torno de 5 ou 6 anos, pois andar menos significa desgastar menos o veículo, correto?

Quando se tem muito amor ao carro

Esse é outro fator importante a se considerar. Se seu carro te atender perfeitamente, ou se você tiver uma relação de quase paixão por ele, o que fazer? Nesse caso, você pode fazer uma cotação com seu mecânico de confiança para avaliar quanto custaria uma revisão completa no carro considerando todas as peças originais. Se o valor for razoável, pode valer a pena revisar o carro em vez de trocar, mesmo que ultrapasse aqueles 10% mencionados acima. Mas lembre-se: um carro possui milhares de componentes sendo inviável trocar todos, e, por mais que uma revisão seja completa, não quer dizer que seu carro não vai quebrar ou que vá ficar com a confiabilidade de um novo, principalmente quando o veículo ultrapassa os 100.000 km.

Avaliar antes de trocar é essencial

Como cada carro vai passar por um uso diferente de acordo com os hábitos e rotinas do motorista fica difícil dizer exatamente o momento de trocar. Mas, de maneira prática, podemos falar que ao completar 5 anos ou 60 mil km é hora de avaliar se vale a pena trocar o carro ou se é melhor aguardar um pouco mais e arcar com o maior custo de manutenção.

Por outro lado, trocar o carro muito rápido, com 1 ou 2 anos de uso pode valer a pena somente se você realmente andar muito, acima de 40 mil km, por exemplo.

Fonte: Matel

  • Alto índice de uso de celular ao volante preocupa

    por em 05/09/2016 - 0 Comentários

    O Hospital Samaritano de São Paulo divulgou, no início desse ano, um estudo que revela dados alarmantes: 80% dos motoristas usam o celular enquanto dirigem e 8% não mudariam de comportamento de jeito nenhum. De acordo com reportagem publicada no portal G1, 42% dos 4,1 mil participantes da pesquisa enviam mensagens de texto enquanto estão […]

  • Detran alerta proprietários de veículos sobre novas regras do seguro obrigatório

    por em 02/02/2014 - 0 Comentários

    O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e a Secretaria Estadual da Fazenda alertam os proprietários de veículos registrados no Estado sobre a mudança no calendário de pagamento do Seguro Obrigatório (DPVAT). Por determinação federal, válida para todo Brasil, a partir deste ano o vencimento do seguro coincidirá com o calendário de pagamentos do IPVA. […]

  • Bati o carro, e agora? Confira cinco dicas

    por em 02/09/2016 - 0 Comentários

    Sem desespero. Saiba o que fazer em caso de acidente Quem dirige está suscetível, a qualquer momento, a sofrer um acidente no trânsito – mesmo que você seja prudente e respeite as leis. E quando a colisão for inevitável, a pergunta que fica é: você sabe como proceder? Aqui vão cinco dicas para você seguir […]

  • Cuidados mínimos evitam gastos e mantêm seu carro sempre novo

    por em 02/09/2016 - 0 Comentários

    Confira algumas dicas que ajudam a evitar gastos desnecessários e ainda aumentam o valor na hora da revenda Ter um carro significa separar uma parte de seu salário todos os meses para gastos como financiamento, seguro, combustível e estacionamento. Eventualmente, ainda entram nas contas os custos com manutenção. Mas algumas atitudes podem minimizar isso.

  • Veja os 10 carros mais vendidos do Brasil e os 10 dos EUA

    por em 25/05/2015 - 0 Comentários

    Picapes dominam o pódio do ranking nos Estados Unidos. Alguns modelos são vendidos no Brasil, mas longe do Top 10. Quem achava longo demais o reinado do Volkswagen Gol no ranking brasileiro de carros de mais vendidos, que acabou em 2014 aos 27 anos, pode ver como um absurdo a liderança da Ford Série F […]